Quinta, 19 de Maio de 2022
10°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

Artigos e Opinião PAULA CORDEIRO

O efeito do clima na pele

O cálculo a ser feito é de 35 ml de água multiplicado pelo peso corporal de cada um

26/07/2021 às 11h35
Por: SIGAMT* Fonte: Assessoria
Compartilhe:
O efeito do clima na pele

A pele é o maior órgão do corpo humano e colabora com outros órgãos para o bom funcionamento do organismo. Agindo no controle da temperatura corporal, por exemplo. Assim, vira e mexe tenho que chamar atenção do paciente para cuidar da pele, muitas vezes esquecida principalmente pelos homens.

Toxina botulínica, preenchimento, a rotina do skincare passaram a ter a adesão de muitos, mas geralmente esses cuidados preventivos se concentram apenas no rosto, esquecendo das outras regiões do corpo. Quando as alterações climáticas acontecem de maneira brusca, o pH da pele é desequilibrado, deixando-a mais sensível e podem surgir manchas vermelhas, acnes e ressecamento.

Vamos falar primeiro da água, o corpo humano precisa de pelo menos 2 litros de água por dia, mas o ideal é calcular de acordo com o peso, por exemplo, para saber a quantidade de água exata que você precisa tomar por dia, a primeira coisa a se fazer é analisar o seu peso. O cálculo a ser feito é de 35 ml de água multiplicado pelo peso corporal de cada um. Bebendo água a gente mantém a pele mais hidratada e com isso ajuda no combate ao envelhecimento precoce.

Já os hidratantes corporais protegem e restauram a pele durante a mudança de clima. Dentre os ativos mais recomendados pelos dermatologistas estão o pantenol, a manteiga de karité, os lipídios, a glicerina, a vitamina E, a ureia e, claro, os antioxidantes. Sabonetes mais suaves e hidratantes para o corpo reforçam os cuidados. Já para os lábios, existem protetores labiais e hidratantes específicos, também procedimentos que reforçam essa hidratação, como o protocolo Glow Lips, técnica russa que tem como vantagens lábios rejuvenescidos, revitalizados e tudo por consequência do estímulo de colágeno feito por meio de um minimicroagulhamento, sem dores e com a sessão que dura em torno de uma hora.

Agora vamos à importância do protetor solar, principal para quem mora na nossa região. O câncer de pele, para quem não sabe, é o mais comum no Brasil, apesar dos aproximadamente 180 mil novos casos que todo ano são diagnosticados, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), pouca gente dá importância à prevenção, principalmente os homens.

No meu consultório, pelo menos 75% dos homens que eu atendo não fazem uso diário do protetor solar. É fundamental que você escolha um protetor solar adequado para o seu tipo de pele e passe a usá-lo todos os dias. Não apenas em dias de sol, como também em dias nublados ou mesmo no inverno. Não é porque você nunca sofreu com uma queimadura solar na vida que não precisa se proteger diariamente! E eu recomendo usar fatores acima de 50, que garante uma proteção melhor, já para o rosto o ideal é fator 60 para mais.

Munidos dessas dicas, a partir de agora, aposte mais nos cuidados com a sua pele, assim você evitará o surgimento de manchas, sardas, envelhecimento precoce, rugas e até mesmo câncer de pele. A maior prova de amor é cuidar da gente, da nossa saúde! Então se ame sempre, em primeiro lugar. E que venha sol, chuva, calor ou frio nossas peles estarão preparadas.

Dra Paula Cordeiro é médica dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Opinião
Opinião
Sobre Confira a opinião dos colunistas do SIGAMT
Cuiabá - MT Atualizado às 02h22 - Fonte: ClimaTempo
10°
Alguma nebulosidade

Mín. Máx. 22°

Sex 25°C 9°C
Sáb 27°C 10°C
Dom 29°C 12°C
Seg 30°C 11°C
Ter 33°C 13°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias